Futebol Brasileiro 2018

O que esperar do futebol em 2018? A Alemanha, hoje a mais respeitada seleção do mundo, vai absolutamente credenciada a emendar dois títulos e se consolidar entre as maiores vencedoras na modalidade. O Brasil pode deixar de ser o único pentacampeão em Copas. A volta de um time brasileiro em final no intercontinental de clubes trouxe euforia aos brasileiros e empolgação pela Copa Libertadores da América. Com o calendário da competição estendido, aumenta a empolgação pelo torneio que pode significar presença na maior parte da temporada em jogos de bom nível técnico, bom público, grande audiência, “vitrine” mundial e vaga no Mundial de Clubes, além do cobiçado troféu! Grêmio, Palmeiras, Boca Juniors e Independiente estão entre os favoritos.

O Campeonato Brasileiro de Futebol deverá ser conquistado por quem conseguir dar continuidade a seu técnico e para isto, engrenar resultados. O Corinthians, atual campeão é candidato natural, assim como o Palmeiras, pelo vice-campeonato e o número de contratações. O Vasco “corre por fora” devido à reação no último Brasileirão. O Santos também, pelo poder de renascer sempre de grandes perdas no elenco (O mesmo não se pode dizer do Corinthians, que sofre o segundo desmanche seguido, mas não é contumaz, como o Peixe, mas é o campeão e é candidato). Assim como o Grêmio, que é campeão do Continente e o Cruzeiro, que levou a Copa do Brasil. Talvez a Copa do Brasil seja a mais imprevisível das competições. O Internacional vai disputa-la sem a pressão de estar na Série “B” e talvez possa dar a ela mais atenção. A arrancada do Vasco pode valer a confiança de dar um título à sua torcida, que tanto precisa. Como o Palmeiras foi eliminado este ano, apenas pelo campeão e no critério “gol fora” (que foi abolido), o Flamengo foi finalista, o Grêmio “copeiro” vem de conquista devem chegar longe. O mesmo com o Atlético que não teve bom ano. Galo, Botafogo e São Paulo miram na Copa Sul- Americana.

Ano de Copa do Mundo e calendário “apertado” podem favorecer a times do interior a “paparem” estaduais. Os grandes não terão como dar atenção total a estas disputas e Londrina, Joinville (em Santa Catarina a hegemonia já é do interior), Juventude, Ponte Preta, Uberlândia e Salgueiro. Com o futebol goiano em baixa, sem time na Série “A” nacional, o Itumbiara aparece como força. No Ceará e no Rio, ao contrário de Santa Catarina, é muito difícil o interior aprontar. O Vozão é candidato ao título agora e principalmente, ano que vem, com o que vai ganhar em rendas e direitos televisivos na Série “A”. É hora de tirar o título do Flamengo, no Rio. Os demais grandes não vêm bem em seu estadual. Boas festas e feliz Ano Novo!

COMPARTILHAR
Paulo César Borges
Paulo Cesar Borges é jornalista graduado em Uberlândia, tendo atuado por 24 anos em emissoras de rádio, tv e em um jornal da região. Realizou coberturas jornalísticas em três países. Sua atuação anterior foi o retorno à rádio Educadora, por onde atuou nos anos 1990. Foi exatamente em 1990 que iniciou em 04 de janeiro sua trajetória na imprensa através do rádio. Passou várias vezes pelo prefixo 580 Khz (hoje Rádio América) e por nove anos defendeu as cores da Rádio Cultura AM.

DEIXE SEU COMENTÁRIO