Cota mínima da Copa do Brasil será de R$ 500 mil

Segundo o blog do Marcelo Rizzo no portal UOL.  A CBF parará aos times de menor expressão que só participarem da primeira fase da competição, uma cota de R$ 500 mil. Esse valor é 60% maior do que os clubes que foram eliminados na primeira fase que foi de R$ 300 mil.

Os times mais bem ranqueados pela CBF, como Botafogo, São Paulo, Internacional e Atlético PR, terão na primeira fase uma cota de aproximadamente R$ 800 mil. Os clubes de segundo escalão, como América-MG, Ceará e Paraná, receberão um valor intermediário  entre R$ 600 e 700 mil e as demais equipes, dentre elas o Uberlândia Esporte Clube, receberão em torno de R$ 500 mil. Com isso o alvi-verde, caso avance na Copa do Brasil poderá embolsar mais dinheiro do que a cota do Campeonato Mineiro que é de aproximadamente R$ 850 mil, pois cada fase recebe uma premiação maior do que da fase anterior.




Caso algum clube participar desde a primeira fase e for campeão, esse mesmo poderá embolsar um valor em torno de R$ 68 milhões, pois em 2018, devido a um novo contrato com a emissora que transmitirá a competição, aumentaram consideravelmente os valores da premiação. O torneio terá a maior cota do futebol brasileiro, maior inclusive que o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores da América.

COMPARTILHAR
Evandro Junior
Mestrando na Universidade Federal de Uberlândia em engenharia elétrica. Acompanha o futebol em todo âmbito, internacional, nacional e regional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO