Renovação, a hora é agora

Seleção Brasileira inicia o processo de substituir uma geração vencedora

Os tempos de Ortiz, Vander Carioca, assim como o de Manoel Tobias e agora Falcão, passaram. O quarentão Vander tem contrato vigente com o Corinthians, mas sua história na Seleção Brasileira já foi encerrada. Que árdua tarefa, descobrir alguém para preencher a imensa lacuna do ídolo Falcão. Que responsabilidade para os novos atletas, manterem o padrão brasileiro de excelência! Em todo o planeta, quando se fala em futebol, futsal, o “top of mind” (nome que vem mais ao alto, na mente) é o Brasil e “o cara” é Alessandro Rosa Vieira “Falcão”, no futebol de cinco atletas na quadra. Mas a saudade ainda não começou, pois o craque vai continuar contribuindo com a camisa amarela e em quadra. Ele é ingrediente determinante neste processo. Trata-se de expediente incomum nas Confederações.

A preparação para a Liga Sul-Americana Sub- 19 terá Falcão e outros atletas experientes ao lado do elenco que representará o Brasil na disputa. Serão dois amistosos em Uberaba, dias 22 e 24 próximos, contra a seleção do Uruguai. O primeiro jogo é sexta-feira à noite com transmissão da TV fechada e o segundo com TV aberta, na manhã de domingo. Marquinhos Xavier, treinador da Associação Carlos Barbosa substitui P. C. Oliveira no comando técnico, desde o mês passado. Ele chamou para ajudarem o ala Falcão (Sorocaba) nesta missão o goleiro Tiago, o fixo Rodrigo e o ala Leandro Lino, além do Pivô Rocha (Sorocaba) e dois atletas do Joinvile: o ala Xuxa e o pivô Fernandinho.

Pela nova geração, o goleiro Kelvin, os fixos Lé e Ricardinho, os alas Bruno e Marcel do Sorocaba, o goleiro Dennis do Joinvile, o fixo Daniel da Assoeva ( Associação Esportiva Venâncio Aires), o fixo Gian, o ala Kris, além dos pivôs Hygor e Murilo do Corinthians, os alas Júlio Zanoto e Vinícius, da ACBF (Assoc. Carlos Barbosa de Fut.), os alas Torres do Tubarão e Marcílio do Sport, e o pivô Daniel Alves, do Jaraguá. Rodrigo, Xuxa e Falcão deixam a delegação após as jornadas no Triângulo Mineiro. Lé, Bruno e Júlio Zanoto vão diretamente para a Colômbia.

COMPARTILHAR
Paulo César Borges
Paulo Cesar Borges é jornalista graduado em Uberlândia, tendo atuado por 24 anos em emissoras de rádio, tv e em um jornal da região. Realizou coberturas jornalísticas em três países. Sua atuação anterior foi o retorno à rádio Educadora, por onde atuou nos anos 1990. Foi exatamente em 1990 que iniciou em 04 de janeiro sua trajetória na imprensa através do rádio. Passou várias vezes pelo prefixo 580 Khz (hoje Rádio América) e por nove anos defendeu as cores da Rádio Cultura AM.

DEIXE SEU COMENTÁRIO