Hoje sim!…  Hoje não!

Parecia que ouviríamos novamente o Tema da Vitória na tv. Parecia que o piloto que largou bem e fez três ultrapassagens fantásticas em duas relargadas seria coroado com o primeiro lugar em Azerbaijão.

Mas não foi nesta prova, que aconteceu absolutamente de tudo, lembrando os Grandes Prêmios de Suzuca em dias de chuva, que tivemos novamente aquele gostinho de ver um brasileiro no topo do podium.

Quando os pilotos foram para os boxes, atendendo à bandeira vermelha, o piloto da Williams estava na terceira colocação, mas era prevista uma punição ao alemão por revidar a uma frenagem na saída da curva por parte do inglês Hamilton. Seria a grande possibilidade de Felipe se garantir o segundo lugar na corrida.

Felipe Massa fez, enquanto pode, uma corrida perfeita, ofensiva, típica de um campeão mundial, chegando a disputar a segunda colocação, o que seria a quarta ultrapassagem em relargadas, com o alemão Sebastian Vettel. Mas o destino continua “marcando colado” ao brasileiro.

Ao retornar à pista, a Williams recebeu pelo rádio a informação que o carro de número 19 estava com problemas.  E o gostinho amargo do abandono da prova ficou ainda pior quando a Mercedes de Lewis Hamilton teve problemas com o protetor lateral, o brigando o inglês a parar para a manutenção do carro.  O brasileiro assistia a tudo isso através de um telão no autódromo de Baku. “Eu ganharia essa corrida” disse o Felipe, indignado.

“Vai garoto, você consegue!” disse Felipe ao seu companheiro de equipe pelo rádio. Lance Stroll estava na segunda colocação, atrás do Australiano Riccardo, e faltava poucas voltas para a bandeirada, mas o finlandês Valteri Bottas conseguiu a incrível ultrapassagem na reta de chegada, colocando o milionário canadense em terceiro, posição muito comemorada pelo piloto, equipe, e o financiador e pai de Lance, Lawrence Stroll.

A próxima etapa será dia 09 de julho na Áustria, às 09 horas da manhã, horário de Brasília.

COMPARTILHAR
Pácis Junior
Pácis Júnior é cineasta, diretor da série humorística Piadorama, e documentárista. Foi diretor do programa Resenha, do Futebol Uberlândia, e hoje é coordenador da Manchete Esportiva.

DEIXE SEU COMENTÁRIO