“Meu Uberlândia Esporte”

Como sempre giro pela cidade com os mantos sagrados (Uberlândia Esporte e Santos), principalmente pelo bairro Martins, onde moro, acabei recebendo os apelidos de “santista” e “torcedor do Uberlândia Esporte”. Mas hoje vou falar somente do Furacão da Mogiana.

Em épocas de vacas magras, as quais, infelizmente,  já estamos acostumados, o pessoal chega até mim e pergunta: “E o seu Uberlândia?”.  Mesmo não gostando do “seu” eu respondo com tranquilidade, sempre de forma positiva, mesmo não sendo um bom momento, o que gera alguns tititis maldosos, principalmente em barzinhos.

Mas basta o time ir bem, como foi na reta final de 2015, que as ironias desaparecem e as perguntas mudam completamente de perfil: “E o Verdão, será que agora vai?”.  Perceberam o tanto que a abordagem mudou?  Cadê o “seu Uberlândia?”.

Se tratando de Uberlândia Esporte nós estamos vivendo uma espécie de montanha russa, talvez por isso eu tenha me acostumado com as variações, porém, infelizmente, ouço mais o “seu” do que gostaria, afinal, esse carrinho da montanha russa tem frequentado mais as “ladeiras abaixo” do que eu gostaria, e isso deixa a gente com aquele “gelo na barriga”, não é mesmo?

COMPARTILHAR
Dalena Júnior
Dalena Júnior é natural de Ituiutaba, formado em fisioterapia na cidade de Santos (SP) e uberlandense de coração. Assíduo em estádios de futebol, foi comentarista de programas esportivos locais no interior paulista nos anos 90.

DEIXE SEU COMENTÁRIO