Como Ontem a Luta é a Mesma Agora…

Tá chegando a hora… As vésperas da apresentação oficial do elenco e principalmente do inicio dos trabalhos pelos lados do Ninho do Periquito, o coração do torcedor esmeraldino já não aguenta mais de saudades em ver o Furacão Verde em campo.

O Verde, cor da Esperança, nunca esteve tão ligado ao Verde do nosso Uberlândia Esporte Clube. Depois de um inicio de 2016 com sentimentos tão variados durante o campeonato mineiro. Começando pela desconfiança de um time desconhecido com um amontado de jogadores sob a “batuta” e “Know-How” da Universidade do Futebol, e um técnico turrão e teimoso, passando pela euforia de liderar a competição. Mas a partir daí, ver o fracasso desenhado dentro e fora de campo com os resultados das ultimas seis partidas, e o alívio de não cair mais uma vez muito mais por incompetência dos adversários do que por méritos do Verde. A frustação e o alívio poderiam descrever o que foi o sentimento Verde na competição.

Agora a montagem do elenco dá de novo ao sofrido coração verde, o sentimento de esperança e o desejo de fazer no campeonato mineiro, uma história com enredo diferente. Peças já conhecidas que passaram por aqui e que agradaram estão de volta. Peças novas, mas com bagagem, experiência e principalmente, com astral vencedor, também em breve aporta no Ninho do Periquito. Jogadores tarimbados, e “casca dura” também fazem parte do elenco. Um treinador experiente, conhecedor do futebol mineiro e com muito prestígio entre os jogadores e torcedores, faz parte desta receita que tomara Deus, seja de muito sucesso. Alinhado a isso, alguns jogadores jovens da base, farão parte do elenco que vão, em busca deste sonho do torcedor Esmeraldino. Honrar a camisa do Furacão e fazer um campeonato além das expectativas no certame 2017. Falar em Série D, por enquanto é utopia, pois ela ainda não existe. Então Verde, foco nos objetivos e que estes sejam os maiores possíveis. Campeão do Interior? Porque não?!?! Então moçada do Verde, menos badalação, e muito, mas muito trabalho e futebol!!! Me recuso a desconfiar e a desacreditar. A imprensão DejaVú, não vai nos abater. Vamos acreditar, “Como Ontem a Luta é a Mesma Agora…” Sim é possível…

Siga @LeoEnderson no Twitter e também no Instagram.

leoenderson@mancheteesportiva.com.br

COMPARTILHAR
Leo Enderson
Leo Enderson tem 39 anos e é formado em Administração e Logística pela Universidade Anhanguera. Foi repórter e apresentador da Rádio América e Globo Cultura de Uberlândia. Amante de cervejas artesanais, rock'n'roll e futebol. Aprendiz de chef de cozinha e árbitro de futebol, formado pela LUF/FMF. E-mail: leoenderson@mancheteesportiva.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO