Musculação para Atletas de Futebol Profissionais ou Amadores

Tem algum amigo que pratica musculação mas que se recusa a treinar as pernas porque também joga futebol? Nesse caso ele terá ainda mais motivos para realizar exercícios de pernas com pesos como o agachamento, do que aqueles que praticam musculação, mas que não jogam futebol.

Isto porque num estudo publicado em Junho de 2004, os investigadores verificaram que os jogadores que faziam musculação com cargas elevadas conseguiam saltar mais rápido e realizar sprints mais rápidos do que aqueles jogadores que não realizaram este exercício.

De acordo com estatísticas de desporto, durante um jogo de futebol típico, os jogadores correm, em média, cerca de 8 a 12 quilômetros. E também efetuam “sprints” com muita frequência ao longo de cada jogo. Portanto, é muito importante que os jogadores de futebol sejam bons sprinters.

Outros estudos realizados anteriormente já tinham descoberto uma correlação positiva forte entre o peso máximo que os atletas conseguem levantar uma vez no exercício agachamento e a velocidade do sprint. Por esse motivo, os investigadores deste estudo, publicado em 2004, pretenderam verificar se isso também acontecia nos jogadores de futebol.

Para esse efeito, eles recrutaram 17 jogadores de futebol e registraram a velocidade máxima com que estes conseguiam efetuar sprints e a altura máxima a que estes conseguiam saltar. Para além disso, também registraram o peso máximo com que os jogadores conseguiam realizar apenas uma repetição no exercício agachamento.

Os resultados revelam que os jogadores que conseguiam levantar mais peso no agachamento foram também aqueles que conseguiram saltar mais alto e realizar sprints de 10 e 30 metros mais rápidos.

Alguns treinadores mais desinformados que o treino com pesos podem ter um efeito negativo no VO2max dos seus atletas, mas neste estudo aconteceu exatamente o oposto. Os atletas obtiveram um aumento do VO2max e os investigadores não encontraram provas de que um maior nível de força no agachamento provoque uma diminuição do VO2max.

Na verdade, o treino com pesos, para além de aumentar a performance dos jogadores de futebol e de outros atletas, também pode diminuir de forma significativa o risco destes sofrerem lesões, tais como lesões nos isquiotibiais, que afeta uma percentagem significativa de jogadores de futebol.

COMPARTILHAR
Xandão Andrade
Xandão Andrade é professor de Educação Física, formado pela UNIP (Universidade Paulista), Empresário na Área Fitness e Personal Trainer na cidade de Uberlândia, com passagens nas praias do Litoral Paulista onde implementou o Treinamento de Alta Performance nas areias da praias de lá.

DEIXE SEU COMENTÁRIO