Rodrigo Parreira é esperança de ouro na Paralimpíada 2016

Goiano de nascimento e criado em Uberlândia, Rodrigo Parreira é uma das maiores esperanças do Triângulo Mineiro nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro. O atleta, que treina no Sesi Gravatás, é líder do ranking brasileiro nos 100m rasos e no salto em distância. No ranking mundial, ele é o segundo melhor no salto e 12º nos 100m, estando apenas a 60 centésimos do primeiro colocado.

RP2
Rodrigo Parreira é o atual recordista brasileiro nos 100m, 200m e salto em distância.

Partindo para a pista, Parreira deseja surpreender nos jogos. Para que isso aconteça, ele pede o apoio da torcida uberlandense. O objetivo é buscar medalhas nas duas modalidades em que irá competi. “Meu sonho era rerpresentar Uberlândia e o Brasil nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Conto com a torcida de todos”, disse Parreira.

Responsável pela preparação de Parreira, o técnico Leandro Garcia, mais do que ninguém, confia no potencial do seu paratleta e garante que ele tem tudo para conquistar um grande resultado. “Agora, estamos focados na preparação dele para conquista de uma medalha. Rodrigo é muito talentoso e tem plenas condições de conquistar um resultado histórico, com chances reais de medalha e possibilidade dela ser dourada”, disse o treinador.

Rodrigo é atleta do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU) e faz parte do Projeto “Time de Campeões”, coordenado por Leandro Garcia, que presta apoio e assessoria a outros paratletas locais.

As provas dos Jogos Paralímpicos começam nesta quarta-feira (07)

Perfil

Rodrigo Parreira
Nascimento: Rio Verde – GO
Classe Esportiva: T36 (atleta com deficiência física causada por paralisia cerebral).
Especialidades: Salto em distância, 100m rasos e 200m rasos.
Clube: Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia – CDDU

Atual recordista brasileiro nos 100m, 200m e salto em distância.
Atual recordista das Américas no salto em Distância
Atual recordista das Américas nos 200m rasos.

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO