Paratletas representam Praia nos Jogos Paralímpicos do Rio

O Praia Clube será representado nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro por três atletas e um treinador. O interessante é que o clube terá um número maior de paratletas muitas vezes maior do que delegações de vários países. O técnico Alexandre Vieira será um dos treinadores da seleção brasileira e comandará também Mariana Ribeiro, Guilherme Silva e Ruan de Souza.   Todos são estreantes em Paralimpíadas.

Dos três nadadores, o que tem maiores chances de subir ao pódio é o atleta Ruan, 24 anos, que nadará os 100m Peito, mas anseia medalha no revezamento 4×100 Medley.  “A luta foi muito grande, pois fiquei dois anos sem competir em função de mudanças nas classes de competição. Acho que, no revezamento, temos boas chances, já, nos 100m Peito, minha meta é chegar à final, o que acho ser um grande feito”, disse Ruan.

NataçãoPraa]ia2Já Guilherme Silva, 20 anos, nadará os 100m e 50m Peito, além dos 100m livres.  “Minha principal prova é os 100m Peito, na qual pretendo ficar entre os cinco primeiros, mas vou me dedicar de igual maneira às outras provas. Se não vier medalha, já ficarei contente com minha primeira participação em Jogos Paralímpicos”, afirmou.

Aos 21 anos, Mariana Ribeiro também espera aproveitar ao máximo a sua estada no Rio de Janeiro. “Será uma experiência fantástica estar ao lado dos melhores paraletas do mundo. Vou aproveitar ao máximo”, disse Mariana.

O técnico Alexandre Vieira acredita na boa atuação dos paratletas praianos. “Eles são atletas jovens e não podemos também desconsiderar o fator pressão, por estar competindo no Brasil. A experiência em uma competição deste nível irá representar muito para a futura da carreira de todos eles”, destacou Alexandre.

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO