Ponteira Carla já se sente em casa

Aos 24 anos, Carla jogará pela primeira vez fora de Belo Horizonte, onde nasceu e sempre atuou. Revelada nas categorias de base do Minas Tênis, a jogadora garante que já se sente em casa e tem Uberlândia  e o Dentil/Praia Clube como se fossem parceiros antigos. A ponteira, que tem como principais atributos a força das pancadas pelas pontas, além de uma vibração que lhe é bastante peculiar, acredita que o Praia é uma dos grandes favoritos à conquista da edição 2016/2017 da Superliga Feminina de Vôlei.

Carla fala que Uberlândia mescla, com perfeição, o clima de interior mineiro com a movimentação intensa das grandes capitais. “Eu adoro Uberlândia e já conhecia bem a cidade em função de amigas que jogaram aqui e sempre me falaram muito bem. Aqui tenho de tudo. É uma cidade maravilhosa e o Praia Clube, sem dúvidas, um dos mais bem estruturados do Brasil”, disse a atacante.

Foto: Odilon dos Reis/Manchete Esportiva
Foto: Odilon dos Reis/Manchete Esportiva

Outro fator levado em consideração por Carla é a distância de onde ela mora até o Praia Clube. “Em Belo Horizonte, eu tinha que sair para o treinamento com pelo menos 45 minutos de antecedência. Aqui, mora praticamente do lado, e venho todo dia fazendo aquela caminhada, ou seja, tenho pelo menos mais 45 minutos para dormir a mais”, afirmou.

Em relação ao time, Carla terá um páreo complicado. Ela terá que disputar a posição nas pontas do Dentil com atletas como Alix Klineman, Michelle Pavão e Ellen. “O Praia tem um elenco maravilhoso e de grandes jogadoras. Em uma competição disputada como é a Superliga é primordial ter um time recheado com grandes jogadoras. Todas vão ajudar”, disse.

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO