Lobos e Zebus se enfrentam neste sábado

A rivalidade entre as duas maiores cidades do Triângulo Mineiro estará frente a frente no próximo sábado (27).  Uberlândia Lobos e Uberaba Zebus se enfrentam, às 14h, no Sesi Gravatás, pela Liga Nacional de Futebol Americano.  Ambas as equipes perderam na estreia e buscam a primeira vitória na competição. Na última vez em que os times se enfrentaram, o Lobos fez um resultado histórico, ao bater os Zebus por 80 a 0 em partida válida pelo Campeonato Mineiro.

Segundo o jogador e presidente do Uberlândia, Thiago Coronel, a equipe está preparada para um duelo difícil. “Eles (Zebus) evoluíram muito, fizeram mais jogos desde o Campeonato Mineiro e tem um elenco bastante fiel. Será um jogo difícil e pegado, mas nos preparamos como se fosse o melhor adversário da competição. Vamos para ganhar, mas respeitando muito o time deles”, disse Coronel.

Falta de apoio

O presidente dos Lobos, Thiago Coronel, falou também ao Manchete Esportiva sobre a falta de apoio à outros esportes como o futebol americano. Em Uberlândia, segundo ele, não é nada diferente do resto do Brasil. “Está faltando é dar oportunidade para outros esportes, isso não é só aqui. Você custa a conseguir alguma coisa, quando consegue é só um campo para treinar. A gente leva o nome da cidade para todo o Brasil. Uberlândia não tem incentivo ao esporte, quando tem, é incentivo privado”, disse Thiago, que complementou.

“Tenho patrocínio de R$ 4 mil, por ano. Eu gasto 60 mil por temporada. Um patrocínio não paga uma viagem direito. Temos que vender rifa e ir para o sinaleiro para conseguir dinheiro. Não temos como contratar um jogador norte-americano, não conseguimos técnico e nem fazer uma escolinha, pois gastamos tudo nas viagens”, afirmou.  Os patrocinadores do time são: Aromata, SNC Suplementos Alimentares e MB Engenharia, que entram com verba. Como apoiadores em serviços o Lobos conta com: Medida Certa academia e Prima Clean Lavanderia.

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO