A disputa continua

Ainda movido pelo espírito da grande confraternização dos povos e a beleza da festa com que o Rio de Janeiro encantou os visitantes ou aqueles que, mundo afora, assistiram pela televisão, eu ainda queria falar era de olimpíada. E, claro, assunto era coisa que não faltava.

Eu bem que poderia ficar horas e horas falando apenas do show de encerramento. Também poderia lembrar Robson Conceição, que muitos apontam como o ex-feirante e vendedor de picolé que virou medalha de ouro no boxe. Da mesma forma, o feito de Rafaela Silva ― mesmo discordando daqueles que dizem que se não fosse pelo esporte ela não teria encontrado o caminho do sucesso, pois a sua graduação de Terceiro Sargento do Exército já comprova que é uma vencedora também fora do tatame ― ou simplesmente do menino que não dispensa uma manchete, mesmo que seja tão somente para dizer que não quer mais ser capitão. Mas não. Vou me ocupar de outra coisa, apenas antecipando que não se trata de uma crítica ao público que prestigiou e aplaudiu cada momento do que se pôde ver ao longo das duas semanas.

Refiro-me às vaias dirigidas aos políticos, que ali já eram bem mais que isso: eram os nossos administradores, as autoridades escolhidas pelo povo para representá-lo nos diversos níveis de governo. E não digo isso com a intenção de defender nem mesmo o Prefeito Eduardo Paes, do Rio de Janeiro, que penso ter desempenhando bem o seu papel na promoção da grande festa esportiva. Faço-o para lembrar que esses que agora fazem questão de desprezar, são os mesmos que sufragamos nas últimas eleições.

E considero que nada mais preciso dizer, a não ser que logo teremos uma nova oportunidade para eleger bons governantes. Então vamos procurar agir com prudência e com muito critério, pois quem votar errado agora não se sentirá à vontade depois, na hora de se queixar de alguma coisa. Já quem não votar, sequer terá o direito de vaiar.

COMPARTILHAR
Odival Ferreira
ODIVAL FERREIRA é jornalista, locutor esportivo e autor de quatro livros, entre os quais UBERLÂNDIA ESPORTE CLUBE, A História e Seus Personagens.

DEIXE SEU COMENTÁRIO