UEC deverá ter equipe mais jovem em 2017

Um dos motivos pela brusca queda de rendimento do Uberlândia Esporte Clube na fase final do Campeonato Mineiro deste ano e o quase rebaixamento foi, segundo próprio levantamento da imprensa local, a alta faixa etária dos jogadores contratados. A maioria do elenco montado pelo técnico Alexandre Barroso e pela Universidade do Futebol era composta por atletas com idade acima dos 30 anos, como os volantes Jardel e Wendel, o meia Lenílson, os laterais Rayro e Rodrigo Dias e entre outros. A média de idade do time chegava próximo aos 29 anos, sendo que o considerado ideal por treinadores e especialistas em preparação física é de 24,5 anos.

Segundo o diretor de futebol do Verdão, Fabrício Tavares, o Verdão está observando com carinho a idade dos jogadores contratados para o Módulo I de 2017. “É uma questão que vamos observar sim, como outros vários aspectos”, disse Fabricio. O técnico Paulo César Catanoce garante que atletas experientes não estão fora dos planos. “Tudo depende do jogador. Tem atleta que tem mais de 30 anos e que tem pulmão e preparo físico melhor do que um jogador de 20 anos. É uma questão que precisamos ter muito cuidado ao avaliar”, afirmou.

A expectativa é que, no próximo mês, a diretoria comece a divulgar alguns nomes de reforços. O início dos treinamentos visando à disputa da elite mineira está previsto para a última semana de outubro.

 

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO