Números do Comandante do Verdão em Minas

Se depender dos números, o técnico Paulo César Catanoce é sem dúvidas o nome mais certo para o comando do Uberlândia Esporte visando à disputa do Campeonato Mineiro de 2016. Para chegar a essa conclusão, o Manchete Esportiva analisou os números do treinador desde 2009, quando acumulou passagens por Rio Branco de Andradas (2009) Módulo I, Caldense (2010) Módulo I, Tricordiano (2015 e 2016) Módulo II e Módulo I, Uberlândia (2015) Módulo II e  Atlético Uberlândia (2016) Módulo II.

Em quase todos os casos, Catanoce teve o número de vitórias maior do que os números de empate e derrotas, com exceção de 2009, no Rio Branco de Andradas, onde levou o time ao título de Campeão do Interior, tendo seis vitórias, seis derrotas e três empates, sendo duas destas derrotas nas semifinais diante do Atlético.

Na Caldense, em 2010, pegou o time na zona de rebaixamento e faltando cinco rodadas livrou a Veterana do rebaixamento, situação praticamente idêntica no Tricordiano no Módulo I deste ano, no qual pegou o Galo do Sul na zona da degola e faltando seis jogos para o término da primeira fase garantiu a permanência da equipe na elite do futebol mineiro.

Números

 Rio Branco (2009): 6 vitórias – 3 empates – 6 derrotas (Campeão do interior)

 Caldense (2010):  2 vitórias – 2 empates – 1 derrota (permanência na elite)

Uberlândia Esporte (2015): 8 Vitórias – 2 Empates – 3 Derrotas (Campeão Módulo II)

Tricordiano 2015: 3 Vitórias 2 Empates  2 Derrotas

Atlético Uberlândia 2016: 2 Vitórias  1 Empates 1 Derrotas

Tricordiano 2016: 3 Vitórias 1 Empate 2 Derrotas (permanência na elite)

Total: 24 Vitórias – 11 empates – 15 derrotas

Esses números totalizam um aproveitamento de 55,3% dos pontos, o que para times do nível que ele comandou nos campeonatos são considerados bons.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO