O sub-20 irá revelar bons jogadores para o UEC?

Eu percebo que há uma empolgação muito grande com este time sub-20 que o Uberlândia Esporte Clube está montando para disputar o campeonato regional pela Liga Uberlandense de Futebol a partir de setembro deste ano. Há uma forte crença de que serão revelados jogadores para a disputa do campeonato mineiro do módulo I de 2017.

Quem sou eu para falar que não serão encontrados bons jogadores neste campeonato? Não tenho esta bola de cristal e muito menos conhecimento futebolístico necessário para fazer uma prévia avaliação disto, mas vou me basear em fatos passados.

Eu acompanho de perto categorias de base do UEC há mais de 10 anos e já vi muito jogador que foi considerado promessa, que poderia até despontar e de todos estes, o único que realmente conseguiu uma pequena projeção foi Stéfano Yuri que, impõe destacar, não foi formado nas bases do alviverde, pois apenas jogou uma Copa São Paulo pelo UEC.

Com base nesta premissa, meu receio é imenso de que esta competição seja apenas mais uma despesa para o clube e que, efetivamente, não consiga seu objetivo maior, que é descobrir talentos para o módulo I. Mais medo ainda tenho de que, ainda que revelem um ou outro jogador para justificar a despesa, estes sejam apenas os “inteira treino”, ou seja, sequer irão para o banco de reservas e ainda, se forem, jamais entrarão em qualquer partida.

Não estou, em hipótese nenhuma, gorando o trabalho do sub-20. Sei da competência do Amaragil Neto e de Paulo César Catanoce, mas informações que nos são passadas via imprensa é de que o time que jogará este regional é sub-18 com mesclagem de alguns jogadores de 20 anos. Assim, imaginar que haverá bons jogadores para disputar um campeonato tão forte quanto o módulo I logo no primeiro ano de uma disputa de sub-20 é bastante pretensiosa.

Como, efetivamente, não acredito em milagre e sim em muito trabalho, só espero que não estejam vendendo ilusão para estes garotos e, principalmente, que dêem sequência nos trabalhos de base, sem montar e remontar equipes anualmente, para que em algum momento consigam formar bons jogadores para o time principal. É só nisto que acredito e respeito quem pensa o contrário !!!

COMPARTILHAR
Renato Rodrigues
Renato Melo Rodrigues é advogado trabalhista em Uberlândia/MG

DEIXE SEU COMENTÁRIO