Série D só em 2018?

Como muitos clubes do futebol brasileiro, que não conseguiram classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro nos estaduais deste ano, o Uberlândia Esporte Clube (UEC) pensa agora na competição nacional apenas para 2018. Neste ano, a CBF alterou a forma de classificação e quer sempre saber os representantes de cada Estado com um ano de antecedência. Por isso, URT, Caldense e Villa Nova, que conseguiram a classificação neste ano, têm, até então, as suas participações garantidas para 2017.

Mas, neste contexto, ainda pode restar uma esperança para o UEC e também para outros clubes. Existe um movimento entre as principais federações do futebol brasileiro, entre elas, a Federação Paulista, que não aceita esse novo formato classificatório da CBF, pois isto acaba prejudicando a Copa Paulista e outras copas estaduais, que acontecem no segundo semestre do ano e dão vagas para a Série D.

Se isso acontecer e a CBF voltar atrás, o Verdão terá a chances de conseguir a classificação dentro do Estadual do ano que vem, caso contrário, somente para o próximo ano. Outra possibilidade para o ano que vem seria a desistência dos mineiros, o que é pouco provável.

O advogado Renato Rodrigues, que também é colunista do Manchete Esportiva, acredita na possibilidade de a CBF voltar ao formato antigo de classificação para a Série D. “Eu não sou especialista no assunto, mas acho que é possível, por uma decisão política, que a CBF possa retornar depois de entender e chegar a um consenso com as federações. Quem decide sobre as competições é a CBF. Não existe direito adquirido das equipes para o ano que vem”, disse.

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO