Atletismo da Irlanda chega a Uberlândia

Integrantes da delegação de atletismo da Irlanda desembarcaram na tarde desta sexta-feira (29), em Uberlândia, para o início do processo de aclimatação, antes do início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.   Os atletas se juntam às modalidades de natação e pentatlo moderno, além dos paralímpicos do atletismo, natação, ciclismo, canoagem, futebol de 7 e tênis de mesa. Ao todo, os irlandeses estarão no Triângulo Mineiro com aproximadamente 330 pessoas entre atletas e comissão técnica.  A previsão é que o grupo permaneça na cidade até o dia 14 de agosto, quando a maioria parte em definitivo para o Rio. O país utilizará para treinamentos as dependências do Sesi Gravatas, Complexo do Parque do Sabiá e o Praia Clube.

O chefe da delegação da Irlanda, Patrick Gonagle, disse que apesar da pouca experiência dos atletas, a expectativa de desempenho nas Olimpíadas é boa. “Apesar de ser a primeira Olimpíada da maioria de nossos atletas, esperamos conquistar pelo menos uma medalha e

Patrick Gonagle, chefe da delegação da Irlanda
Patrick Gonagle, chefe da delegação da Irlanda

chegar a três finais. Tenho grandes esperanças nesse grupo não só para o Rio de Janeiro, mas, principalmente, para Tóquio.” disse Patrick se referindo exclusivamente ao time que estará na disputa do atletismo olímpico.

Gonagle não demonstrou preocupação em relação aos problemas estruturais encontrado por outras delegações no Rio de Janeiro. “Esta será a minha quarta Olimpíada e estes problemas não são exclusividades do Brasil”, disse. Em relação à escolha de Uberlândia, o chefe de delegação foi muito claro. “Encontramos em Uberlândia todas as instalações que precisávamos, com boas acomodações, e por isso estávamos muito entusiasmados em vir para cá.”, afirmou.

Desistência

A delegação da Argélia, que faria o processo de aclimatação em Uberlândia, comunicou que irá direto para o Rio de Janeiro. Além da Irlanda, estão na cidade as delegações da Bélgica, Sérvia e Egito.

 

COMPARTILHAR
Eder Lúcio
Eder Lucio é jornalista formado no Centro Universitário do Triângulo (Unitri) e tem especialização em Jornalismo Esportivo. Trabalhou por oito anos como repórter do Jornal Correio de Uberlândia, no qual participou de coberturas jornalisticas na região e por todo o Brasil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO