1962, o primeiro acesso do verdão

A equipe do Uberlândia Esporte Clube vem de altos e baixos nos últimos tempos, com várias participações no Módulo II, e, somente no ano passado, conseguiu seu retorno à elite do futebol mineiro. A equipe, historicamente, já fez boas campanhas tanto em nível estadual quanto nacional, tendo seu primeiro acesso à divisão principal do Estadual em 1961.

O segundo nível (hoje Módulo II) do Campeonato Mineiro, naquela época, se chamava Primeira Divisão de Profissionais, enquanto o primeiro nível (hoje Módulo I) se chamava Divisão Extra de Profissionais.

Naquele ano, a Primeira Divisão de Profissionais teve a participação de 19 equipes divididas em duas chaves: Zona Centro e Zona Triângulo. O Uberlândia, assim como Araguari, Atlético Ituiutabano, Fluminense, Ipiranga, Independente de Uberaba, Itaú, Ituiutabana e Nacional de Uberaba, estava na Zona Triângulo. Como naquela época, a vitória valia apenas 2 pontos, Uberlândia e Araguari terminaram empatados  na primeira colocação com 27 pontos, o

FOTO/DIVULGAÇÃO
O atacante Fazendeiro, um dos maiores ídolos do UEC, fez parte do time de 1962.

Uberlândia conquistou 13 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. Já o Araguari teve 12 vitórias, 3 empates e 1 derrota. Como não havia critério de desempate, Uberlândia e Araguari fizeram três jogos para decidir quem seria o campeão da chave. O UEC venceu a primeira partida no Juca Ribeiro, em casa, por 2 a 1, empatou a segunda em Araguari por 1 a 1, e foi jogada a terceira partida em campo neutro na cidade de Araxá onde o Uberlândia venceu por 1 a 0.

O campeão da outra chave foi o Palmeirense, que decidiu o título com o Verdão em dois jogos. No primeiro jogo, no Juca Ribeiro, o UEC venceu o Palmeirense por 2 a 1 com gols de Dimas e Zinho. No segundo jogo, em Ponte Nova, o Verdão venceu novamente, porém com o placar de 2 a 0, dois gols de Zinho, sagrando-se campeão da Primeira Divisão de Profissionais de Minas Gerais e tendo a vaga garantida na Divisão Extra de Profissionais de 1963.

COMPARTILHAR
Evandro Junior
Mestrando na Universidade Federal de Uberlândia em engenharia elétrica. Acompanha o futebol em todo âmbito, internacional, nacional e regional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO