Começa a segunda era de Catanoce no Verdão

É incontida, no rosto do técnico Paulo César Catanoce, a felicidade em estar de volta ao comando técnico do Uberlândia Esporte Clube (UEC). O treinador teve a sua contratação confirmada por meio da diretoria de marketing do Verdão no fim da tarde da última terça-feira (26), e o Manchete Esportiva em cima do lance havia antecipado a informação. Em sua passagem pelo UEC no Campeonato Mineiro – Módulo II de 2015, o treinador conseguiu livrar o clube de uma fila de cinco anos de espera, naquela que é a legítima segunda Divisão Estadual, ganhou o título da competição e o acesso para a elite do futebol mineiro.

No comando técnico do Verdão, Catanoce conquistou oito vitórias, dois empates e três derrotas; aproveitamento de 66,6%, com 24 gols marcados e 16 sofridos. O treinador teve personalidade para absorver a dura virada para o Tricordiano, por 5 a 4, em Três Corações, e, depois disso, emplacar uma incrível sequência de seis vitórias seguidas até a conquista do título.

“Chego com muita alegria, mas ciente da responsabilidade. Conheço há muito tempo Uberlândia e sei da pressão e da cobrança por parte dos torcedores e da imprensa. Por isso, vamos trabalhar para trazer atletas comprometidos e que não tenham medo de vestir a camisa do Verdão, que é pesada. Vamos fazer um trabalho sério e visando sempre ao sucesso do clube”, disse o treinador.

Ao lado de Ângelo Márcio, que deverá voltar à condição de gerente de futebol, o treinador será um dos maiores responsáveis pela observação de jogadores e contratação para o Mineiro. “Vamos observar o Regional Sub-20, séries A, B, C e D do Brasileiro. Mas seguiremos o critério de ouvir as pessoas dentro do clube”, afirmou.

Catanoce, que será apresentado, oficialmente, em uma coletiva na próxima segunda-feira, iniciará suas atividades em agosto como orientador técnico da categoria Sub-20, que disputará o Campeonato Regional, organizado pela Liga Uberlandense de Futebol (LUF). No mês de novembro, ele assume a categoria profissional como treinador já visando à preparação para o Módulo I. “Vamos observar essa garotada do Sub-20 e incorporar quatro ou cinco jogadores ao elenco profissional. Isso será muito importante para o clube”, afirmou Catanoce, que já começou contato com alguns atletas, porém, reservou-se no direito de manter os nomes em sigilo.

Parceria

Em entrevista para o Manchete Esportiva, o segundo vice-presidente do UEC, Flávio Gomide, disse que o rumo da parceria entre o clube e o grupo cogestor ainda está sendo conversado.  Wagner Ribeiro e Kriss Corso eram os responsáveis pelo departamento de futebol até o Campeonato Mineiro deste ano. Mas, de agora em diante, segundo Flávio Gomide, o Uberlândia Esporte é quem irá tocar o futebol e será o responsável pelas contratações.

“Eu não digo que haverá rompimento com o grupo cogestor, mas serão analisadas novas situações. O Wagner Ribeiro é focado em atletas de base e vai auxiliar nessa situação, eles serão parceiros na base e vão dar apoio ao profissional que tende a ser gerido pelo João Gilberto (presidente em atividade), Ângelo Márcio (atual supervisor)  e o Fabrício Tavares (diretor de operações), até que seja montado todo um organograma do futebol. Isso ainda será conversado.  O foco do Wagner e do Krisso será voltado para a categoria de base. No profissional, eles também irão ajudar naquilo que precisar”, disse, afirmando que o contrato de dez anos entre as partes não será rompido, mas acontecerá um aditivo de contrato.

“Em dois anos, conseguimos o acesso para a elite mineira e ainda continuamos na primeira Divisão. Somos muito gratos por isso. Queiram ou não essa parceria foi benéfica para a gente e o Uberlândia colocou essa vontade de perguntar ao Kriss como será essa parceria daqui para frente, pois é uma pessoa que honrou tudo com a gente”, afirmou.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO